Alexandre de Moraes determina que votação sobre Aécio no Senado seja aberta

Alexandre de Moraes  Ministro do STF ordena votação aberta no Senado para decidir sobre afastamento de Aécio Neves 

Temer articula para salvar Aécio

Ministro do STF ordena votação aberta no Senado para decidir sobre afastamento de Aécio Neves

Foto: Dida Sampaio/Estadão

O ministro do STF Alexandre de Moraes determinou, por meio de liminar, que a votação sobre Aécio no Senado seja aberta. O senador mineiro pode ter o afastamento de seu mandato confirmado nesta terça (17) caso seus pares decidam dessa maneira.

 

A liminar foi concedida devido a um mandado de segurança apresentado pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), exigindo que a votação fosse aberta. Em setembro, o STF determinou o afastamento de Aécio e seu recolhimento noturno. Agora, o Senado decidirá se acata a decisão.

 

Para que a decisão seja cumprida, o presidente do Senado Eunício Oliveira (PMDB-CE) precisa ser notificado oficialmente. Até o momento, não há informações da assessoria de Eunício sobre o assunto.

desgaste

Semana passada, senadores articulavam para que a votação fosse fechada. Dessa forma, haveria possibilidade de “salvar” o mandato do tucano e minimizar o desgaste com a opinião pública.

 

O senador Randolfe, ao saber dessa articulação, se posicionou contra e entrou com mandado de segurança no STF para determinar que os votos fossem abertos.

[ads1]

perda de força

O senador mineiro vem perdendo força nos bastidores. No início da “novela” sobre seu afastamento, era perceptível a solidariedade e até um suposto grau de corporativismo de seus colegas.

 

Porém, com a pressão da imprensa, STF e opinião pública, o jogo parece ter mudado. Com mais de 10% de senadores ausentes, segunda a Folha de São Paulo, e a oposição do PT e outros partidos, o risco do tucano ser derrotado aumentou.

 

Dos 80 senadores em exercício, cerca de 11 não chegarão a tempo da votação.

 

Aliados já discutem nos bastidores a possibilidade de adiar a decisão para tentar dar vida às articulações e, consequentemente, ao mandato do senador.

 

contas

Para recuperar o mandato, Neves precisa de 41 votos favoráveis a ele. Por isso, as ausências são negativas para ele.

 

Pelo menos 30 senadores se mostraram dispostos a votar contra o mineiro. Ao seu favor, Aécio conta com a articulação do presidente Michel Temer, visto que o senador ajudou no apoio às reformas governistas.

[ads2]

apelo

Em uma mensagem enviada aos parlamentares, Aécio fez um apelo pelo seu mandato. “A única coisa que peço é meu direito de defesa. Permitam que eu apresente a minha defesa. Não posso ser condenado sem ter essa chance”, afirmou, tentando sensibilizar seus colegas.

Deixe uma resposta