Pagamento do Auxilio Emergencial

Pagamento do Auxilio Emergencial

O programa de auxilio emergencial já está disponível para os candidatos que tem direito ao benefício.O auxilio emergencial 2021 está com novas regras, o benefício será disponibilizado para 1 (um) membro de cada família. Independente se haja mais pessoa na mesma família com o direito ao benefício, apenas uma receberá o valor .
A priore, serão pagos 4 (quatro), parcelas mensais no valor de R$ 250,00.
Para pessoas que moram sozinha serão pago 4 (quatro) parcelas no valor de R$ 150,00.

Para mulheres provedoras do lar, as regras são diferente, o valor da parcela será de 4 (quatro) parcelas mensais no valor de R$ 375,00.

O auxilio emergencial 2021 contará com uma juste dos beneficiários, serão cortados uma média de 40 milhões em relação aos 60 milhões que receberam em 2020.

Validação no Caixa Tem
Antes de definir quem receberá ou não o benefício, o governo federal está convocando para que todos os segurados de 2020 renovem seus cadastros no Caixa Tem.
Somente aqueles que tiverem feito a atualização ficarão inclusos no processo de triagem para a seleção do pagamento neste ano.
O procedimento é simples e deve ser feito diretamente pelo aplicativo. Ao abrir a ferramenta, basta clicar na mensagem ‘atualização de cadastro’ e verificar se todos os informes de identificação pessoal, renda, endereço e meios de contato estão corretos. Feito isto, basta confirmar e validar o processo.

Calendário do novo cadastro no Caixa TEM


Para organizar o tempo de renovação dos cadastrados, a Caixa Econômica criou um calendário para que as atualizações sejam feitas. O início do processo foi feito nesse domingo (14) e se estenderá até o fim de março.

Auxílio emergencial – Calendário de atualização de cadastro no Caixa Tem

MÊS DO NASCIMENTODIA PARA FAZER ATUALIZAÇÃO
Janeiro14 de março (DOM)
Fevereiro16 de março (TER)
Março18 de março (QUI)
Maio20 de março (SAB)
Abril22 de março (SEG)
Junho23 de março (TER)
Julho24 de março (QUA)
Agosto24 de março (QUA)
Setembro26 de março (SEX)
Outubro26 de março (SEX)
Novembro30 de março (TER)
Dezembro31 de março (QUA)

Sanções legais


Caso haja o recebimento do auxílio por quem prestar declaração falsa ou utilizar qualquer outro meio ilícito para, indevidamente, ingressar ou se manter como beneficiário do auxílio emergencial, haverá o dever de ressarcimento dos valores recebidos de forma indevida, sem prejuízo das sanções civis e penais cabíveis, nos termos previstos no art. 4º, da Portaria nº 351, de 7 de abril de 2020.

temquever

Deixe uma resposta

Sair da versão mobile