Mortes absurdas que parecem mentira

Mortes absurdas que parecem mentira

Para morrer, basta estar vivo. Porém, tem mortes muito fora do normal que deixam qualquer pessoa de boca aberta. Ninguém espera que isso aconteça, mas de repente ela chega de forma peculiar, surpreendendo pela maneira absurda que ocorreu. Veja agora alguns casos de mortes bizarras que parecem mentira, mas aconteceram de verdade.

 

charge-bebado

Não morreu pelo álcool, mas pelo gás

Michael Malloy era um indigente alcoólatra que vivia nas ruas de Nova York, na década de 30. Ele costumava frequentar bares da cidade quando conheceu um grupo de homens que mais tarde viriam a elaborar um plano macabro para matá-lo. A ideia dos criminosos era ganhar uma apólice de seguro em nome de Malloy, para isso ele teria que morrer. A maneira que eles encontraram de atingir esse objetivo era fazê-lo beber até a morte.

Porém, Malloy era resistente a bebida e por mais que eles o induzissem a beber ele não perdia a consciência. Vendo que essa estratégia não tinha efeito, eles resolveram colocar veneno em sua bebida, o que também não o afetou. A nova tentativa foi abandoná-lo bêbado na neve para que morresse de frio, mas ele sobreviveu. Quando Malloy voltou ao bar no dia seguinte, os homens tentaram atropelá-lo, mas ele quebrou apenas alguns ossos.

Por último, com a tentativa mais efetiva de todas, eles conseguiram matá-lo. Isso ocorreu em uma noite depois que Malloy saiu do hospital. Ele voltou ao bar para beber com os supostos amigos e foi embriagado novamente. Assim, quase perdendo a consciência foi arrastado para os fundos do bar. Os homens conectaram uma mangueira do gás de cozinha em sua boca e provocaram sua morte por asfixia. Os assassinos foram presos e condenados a pena de morte.

Homem morre porque a esposa deixou de cozinhar

refeição

O austríaco e matemático Kurt Gödel comia apenas refeições preparas por sua esposa.

O austríaco e matemático Kurt Gödel comia apenas refeições preparas por sua esposa. Ele tinha certo transtorno de personalidade, que resultou nessa ideia fixa de que poderia ser envenenado a qualquer momento, por isso não se alimentava fora de casa. O que ele não imaginava é que sua mulher ficaria doente e impossibilitada de cozinhar para ele.

Em 1978, durante seis meses, sua esposa Adele ficou internada no hospital cuidando de problemas de saúde. O medo compulsivo que Kurt tinha de ser envenenado o levou a se recusar a comer qualquer tipo de alimento que não fosse preparado por sua esposa. Isso causou sua morte por desnutrição.

 

Morte acidental em jogo de beisebol

beisebol_09Jim Creighton foi o primeiro astro americano da história do beisebol. Ele tinha um problema de hérnia abdominal que estourou no momento em que rebatia um lançamento de home run, ele fez um giro meio desequilibrado, o que causou uma lesão e rompimento da bexiga. O caso ocorreu em 1862 no decorrer de uma partida contra a Union of Morrisania. Jin faleceu em casa, quatro dias após o incidente.

 

Homem morre para provar resistência de janela  

mortes-bizarrasUm promotor público de Toronto no Canadá chamado Garry Hoy morreu em 1993 ao cair do de um prédio comercial muito importante da cidade. Ele pretendia fazer uma demonstração de resistência do vidro da janela de sua sala para um grupo de visitantes. A ideia era provar que nada poderia destruir a vidraça. Para confirmar isso, Gary resolveu se jogar de encontro à janela. O vidro não quebrou, mas a armação que prendia a vidraça se rompeu e Gary caiu do 24° andar.

Deixe uma resposta