Manifestação Pró Bolsonaro invadem ruas e avenidas pelo Brasil

Neste sábado 14 de março uma multidão de apoiadores do presidente Jair Messias Bolsonaro saíram às ruas para protestar pelo que chamam de democracia, liberdade de ir a vir entres outros argumentos.

As manifestações realizadas no estado de são Paulo, protestam contra o atual governador pela restrições mais severas para o comercio e trabalhadores autônomos que dependem do comercio físico ou ambulante para sustentar suas famílias.

A manifestação em São Paulo ocorreu na região da Assembleia Legislativa e foi até a avenida Paulista, com gritos contra o governador João Doria (PSDB), inimigo político do Presidente Jair Bolsonaro.

Na semana em que Dória recuou de se lançar candidato à Presidência da Republica, a Avenida Paulista foi ponto de encontro para esta grande manifestação contra o Dória, tem aumentado consioderávelmente e Bolsonaro ganha uma distancia para respirar mais aliviado com o apoio da população.

A manifestação tem como assunto principal as restrições imposta pelo Doria (lockdown), o descontentamento com o anulamento da condenação de luna pelo ministro Fachin e ainda, o aumento do ICMS dos combustíveis em 18 estados e no Distrito Federal.

Além de protestarem contra a decisão do ministro do STF Edson Fachin que beneficiou Lula, os manifestantes pediram impeachment de membros do Supremo — o mais atacado foi Alexandre de Moares, que determinou a prisão do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ)

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), e o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, e o govenador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), também foram alvos da ira dos apoiadores de Bolsonaro nos protestos espalhados Brasil afora. A alta adesão dá força ao presidente da República após a decisão que colocou Lula na corrida eleitoral de 2022.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: