Lula assume a presidência antes das eleições de 2022

O ex-presidente Lula saiu fora do país em busca de ajuda para se eleger à presidência da republica em 2022.


O ex-presidiário busca apoio de partidos para uma estratégia na onda da crise sanitária do Brasil.
A intenção, certamente conta com a presteza dos ex-presidentes como Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e Michel Temer (MDB), para que exerça influência internacional a fim de conseguir vacinas e insumos para a produção de imunizantes no País.
O Ex-presidiário, numa tentativa desesperada para convencer o povo – Emite sua sugestão para que o Presidente dos Estados Unidos, reúna o G20 para discutir a importância da justa distribuição das vacina pelo mundo.

“ Uma sugestão que gostaria de fazer ao presidente Bideen por meio de seu programa é: é muito importante convocar uma reunião do G-20 com urgência”, disse Lula. “É importante chamar os principais líderes mundiais e colocar em volta da mesa uma só coisa, uma questão: Vacina, vacina, vacina”.

As responsabilidade dos líderes internacionais é enorme, então estou pedindo ao presidente Biden que faça isso, porque não posso. Não acredito em meu governo (Bolsonaro). E, também, não poderia pedir isso para Trump,mas Biden é um alento para a democracia no mundo.

Mas pelo que tudo indica, O ex-presidiário saiu atrasado mais uma vez, visto que Bolsonara já tinha reunidos esforços entre os países no combate a este inimigo comum (Covid-19).

Logo após o a entrevista do Petista, assessores de Bolsonaro divulgau um resumo de uma carta antiga do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden. Nela, o americano teria prometido a Jair Bolsonaro (sem partido) “estreita colaboração com o governo brasileiro neste novo capítulo da relação bilateral”. A promessa de Joe Biden foi feita em resposta a uma carta enviada enviada por Jair Bolsonaro no começo deste ano.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *