Saúde Humana Vida Saudável

Conjuntivite alérgica piora com o tempo Seco

Tempo seco é o maior responsável pelo surto de conjuntivite alérgica

 

O outono é uma estação mais seca e com isso beneficia a propagação da conjuntivite alérgica, um problema de saúde que afeta centenas de brasileiros.

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde) as estações do outono e inverno podem triplicar os casos de alergias respiratórias: rinite, sinusite, bronquite e asma. Também neste período a propagação da conjuntivite alérgica se dá pela maior concentração da poluição típica do ar seco.

Outro fato que contribui para o aumento da doença é que 6 em cada 10 alérgicos terem manifestação de alergias nos olhos, durante o período de crise

De acordo com a ASBAI (Associação Brasileira de Alergia e Imunologia) aproximadamente 41 milhões de brasileiros têm algum tipo de alergia, ou seja, 20% da população. 

Quem está mais propício a pegar conjuntivite

  • As crianças com o sistema imunológico em desenvolvimento e por isso são mais suscetíveis às doenças alérgicas;

  • As mulheres por conta da maior prevalência de olho em função do contato da mucosa dos olhos com maquiagem e outros cosméticos;
  • Usuários de lente de contato devido a reação aos componentes da solução higienizadora;

 

Quais são os sintomas e as primeiras medidas a serem adotadas

  • Olhos vermelhos;

  • Lacrimejamento;

  • Coceira;

  • Sensação de corpo cansado;

  • Queimação nos olhos;

  • Pálpebras inchadas;

  • Fotofobia e visão borrada;

Esses são os principais sintomas da manifestação da doença, contudo para saber diferenciar o tipo de conjuntivite é preciso identificar a diferença no tipo de secreção. Na Conjuntivite alérgica a secreção é aquosa, na viral é transparente e na bacteriana é e amarelada e mais grossa.

Ao notar um dos sintomas a dica é de olhos fechados realizar compressas de gaze bem molhada com água filtrada fria, isso nos caso de conjuntivite alérgica ou viral. Já para a bacteriana o são compressas feitas com agua morna.

Caso os sintomas não desapareçam no prazo de até 48h o médico deverá ser consultado, neste caso a especialidade é a oftalmologia

Como prevenir a conjuntivite

Embora não seja transmissível a conjuntivite alérgica pode e deve ser prevenida, saiba como:

  • Mantendo o corpo hidratado;
  • Comer alimentos ricos em ômega 3 que ajudam a diminuir a diminuir a evaporação do filme lacrimal;
  • Evitar o uso de cosméticos e maquiagem e principalmente o contato com a mucosa;
  • Evitar ambiente empoeirados, cortinas e tapetes acumulam muito pó.

No caso de conjuntivite viral que é altamente contagiosa. Para evitar a contaminação é preciso:

  • Lavar as mãos várias vezes ao dia.
  • Higienizar as mãos com álcool gel, principalmente após o uso do celular de outra pessoa.
  • Não compartilhar maquiagem, ou objetos de uso pessoal.

 

REDACAO_TEM_QUE_VE
<p>SOBRE NÓS<br /> Somos uma equipe comprometidos com as informações mais importantes do Brasil e no mundo, geradas por fontes seguras e confiáveis.</p>

Deixe uma resposta

Back To Top