Ministério da Saúde confirma 57 mortes por febre amarela

Ministério da Saúde confirma 57 mortes por febre amarela

[ads2]

O Brasil registrou 57 mortes provocadas pela febre amarela, há ainda 155 casos confirmados da doença e mais 671 que ainda se encontram em investigação. Na última semana de janeiro eram 147 casos confirmados.

O Brasil registrou 57 mortes provocadas pela febre amarela, há ainda 155 casos confirmados da doença e mais 671 que ainda se encontram em investigação

 

O Ministério da Saúde acredita que com o avanço da vacinação em cidades onde há mais riscos de contrair a doença , esses números sejam reduzidos a partir da próxima semana.

De acordo com o ministério o Estado de Minas Gerais, onde foi registrado o maior número de casos suspeitos, a vacinação já chega em 90% dos 185 municípios localizados nas regiões mais afetadas. Em 2016 somente 48% estava coberto, o que pode ter influenciado no avanço da doença no Estado.

Mesmo com tomando a vacina a população só estará imune depois de 10 dias, por isso é recomendável que se for viajar deve se programar a vacina com pelo menos estes dias de antecedência.

Embora o Ministério da Saúde acredite na redução nos casos devido o avanço das vacinas, os números divulgados no dia 02 revelam um significativo crescimento da doença em Minas Gerais, seguido do Espírito Santo, São Paulo , Bahia e Tocantins.

A maior parte das vítimas é formada por homens com idade entre 31 e 60 anos, sendo que entre estes a maior parcela estão envolvidas com atividades rurais. Apesar do surto o MS esclarece que os casos confirmados são de febre amarela silvestre, aquela que é transmitida pelo mosquito Haemagogus e Sabethes, já a versão urbana da doença, transmitida pelo Aedes aegypti, não é registrada no país desde 1942.

Entenda a Febre Amarela

A febre amarela é uma doença provocada por um por um vírus transmito por mosquitos. Geralmente caracterizada em duas formas urbana e silvestre. A diferença entre as duas e o fator transmissor ou seja, quando a pessoa é infectada pelo Aedes aegypti consiste na forma urbana, já a febre silvestre é transmitida pelo Haemagogus e Sabethe.

Ela é doença hemorrágica que recebe esse nome devido aparência amarelada que o infectado tem. O vírus da febre amarela é mais comum na Africa e na América do Sul. Mesmo sendo um doença que pode levar a morte muitos pacientes são curados.

O surto

Neste anos em Minas surgiram a suspeitas depois de uma sequencia de indivíduos com os sintomas da febre amarela darem entrada nos hospitais do Estado, no inicio eram 23 casos com suspeitas de 14 óbitos que podem estar relacionados com a doença.

Posteriormente algumas cidades do Estado de São Paulo também começara a registrar suspeitas e depois estados como Bahia, Tocantis e Espirito Santo também registraram casos suspeitos. Após tantos índices o Ministério da Saúde confirmou que o país está vivendo um surto de febre amarela, o ultimo  havia acontecido entre os anos de 2008 e 2009 quando 51 morreram vítimas da doença no Brasil.

 

[ads1]

 

Deixe um comentário