Casos sobrenaturais que marcaram a história. fenômenos

Casos sobrenaturais  – Você acredita em milagres, fantasmas ou fenômenos paranormais?

Quem nunca falou sobre casos sobrenaturais e pensou: será que isso é verdade? Sem falar nos casos de aparições de pessoas já falecidas em registros fotográficos e vídeos. Por outro lado, tem quem pense que episódios fora da realidade podem ser armações de pessoas mal intencionadas. A história da humanidade guarda muitos casos misteriosos e aparições que nunca foram esclarecidas.

Os milagres mais conhecidos do mundo foram os de Jesus Cristo, considerado o filho de Deus, que habitou o planeta há milhares de anos. A Bíblia narra grandes feitos realizados por ele, embora ainda ajam muitos céticos que não acreditam em sua existência. Jesus realizou diversos milagres curando doentes, multiplicando alimentos, dominando tempestades, caminhando sobre as águas e expulsando demônios.

Em tempos modernos, os fenômenos como casos sobrenaturais registrados não alcançam tanto poder quanto os feitos de Cristo, mas intrigam muita gente. Há padres e freiras que viraram santos depois de mortos, por relatos de enfermos que foram curados ao pedir lhes um milagre. Há casos de atividades paranormais em residências, quando algum membro da família aparece ferido ao acordar ou mantêm contato com espíritos que se manifestam através de fogo em um cômodo ou barulhos não identificados.

Veja agora alguns casos sobrenaturais que ganharam notícia em todo o mundo e tire suas próprias conclusões sobre a existência de fantasmas ou forças de outro mundo que perturbam pessoas.

O Fantasma de Einfield: em 1977, numa localidade chamada Einfield, em Londres na Inglaterra, uma menina de 12 anos começou a manifestar um comportamento fora do normal. Em sua casa objetos pegavam fogo, as portas ringiam e ruídos estranhos ocorriam. Além disso, ela levitava e apresentava reações de possessão demoníaca.

Selfie com fantasma: esse caso é recente, em 2014 duas amigas estavam em um bar na cidade de Newcastle, na Inglaterra, quando resolveram fazer uma “selfie” juntas para publicar nas redes sociais. O surpreendente foi que ao olhar a imagem no celular elas se depararam com o rosto de uma mulher sorrindo. Victoria Greeves e Kayley Atkinson garantem que não é uma montagem.

A dama de branco: em 1975, no Reino Unido, uma senhora e seu marido foram rezar na igreja da cidade de Norfolk. O homem resolveu fazer uma foto da mulher sentada no banco da igreja. Dias depois, quando a foto foi revelada eles levaram um susto ao ver uma mulher de branco. O casal procurou o padre que contou que essa dama de branco visita a igreja há mais de 100 anos.

O fantasma das Filipinas: em Manilla, na República das Filipinas, no ano 2000, duas amigas saíram para caminhar à noite quando pediram a uma pessoa que passava para fazer uma foto. O que elas não imaginavam é que o resultado desse registro fotográfico seria, além de seus rostos, as feições de um fantasma agarrando o abraço de uma delas.

O navio fantasma: esse caso cercado de mistérios ocorreu na Holanda, o navio de carga SS Orang Medan, naufragou em 1947. Um tripulante entrou em contato com a guarda costeira para pedir ajuda e informou que o capitão e toda tripulação estavam mortos. Quando o socorro chegou todos já estavam congelados com feições de pavor. Antes de concluir o resgate, o navio explodiu sem que as causas da morte pudessem ser investigadas.

Menina Poltergeist: em 1988, uma jovem de 13 anos do Rio Grande do Sul virou notícia ao erguer objetos sem tocar e conversar com supostos espíritos. Leonice fazia lâmpadas explodirem, louças quebrarem, colchões e roupas se retorcerem. Na época, após sessões de exorcismo, padres concluíram que ela estava possuída por demônios.

A foto misteriosa: nesse mês de julho de 2015, a foto de uma menina assassinada em 1986 apareceu com manchas misteriosas que nem os peritos policiais conseguem explicar. O crime nunca foi solucionado, Clenir de Cezaro estava sozinha em casa quando foi atacada e morta com uma pancada na cabeça na cidade de Palmitinho, no Rio Grande do Sul. A mancha assemelha-se a marcas de sangue no ponto em que ela foi atingida pelo assassino.

https://www.temqueve.com.br/mortes-absurdas/

Deixe uma resposta