5 verdades sobre limpeza de pele que você precisa saber

 

Pele bonita e bem hidratada é algo que muito te interessa? Como escolher os melhores produtos sem ter que ficar confusa (o), em escolher a melhor opção para sua pele?  Não se desespere!  Hoje você vai conhecer 5 verdades sobre limpeza de pele, que dão resultados surpreendentes!!

 

 Não se desespere! Hoje você vai conhecer 5 verdades sobre limpeza de pele, que dão resultados surpreendentes!!

Antes dessas verdades, vale ressaltar, que fazer uma limpeza de pele é processo simples, porém é preciso ter muito cuidado para não prejudicar sua saúde. Portanto leia atentamente este artigo até o final e fique bem informada (o).

 

1- Pele bonita e pele limpa:  Se você quer ter aquela pele lisinha, bonita, hidratada e bem cuidada, saiba que é necessário ter cuidados diários de higienização profunda. Isso mesmo!  A limpeza de pele deve ser realizada todos os dias.

 

Quando você adquire o hábito de fazer a higiene da pele diariamente, você já estará eliminando os riscos de ter um rosto cheio de espinhas e cravos. Há caso de pessoas que possuem um tipo de pele que é mais propícia ao surgimento de acnes, mas  isso não significa que não tenha jeito. Tem sim e limpar a pele é uma das maneiras de conseguir esse resultado.

[ads1]

2- Limpeza da cabeça aos pés: Em geral quando se fala em limpeza de pele,  a primeira ideia que vem na  cabeça é realizar a limpeza no rosto, mas será que só temos pele no rosto?

 

A resposta é óbvia. Todo nosso corpo é revestido de pele, embora o rosto seja o “cartão de visita” os mesmos cuidados devemos ter com o restante do corpo, ou seja,  cuidar diariamente da limpeza da pele do corpo.

 

Você deve estar se perguntando, mas o sabonete não basta? Sim o sabonete auxilia no processo de limpeza, mas é preciso também esfoliar, usar um adstringente e hidratar.  A pele do corpo não recebe maquiagem tão frequente como o rosto, por isso você pode tirar um dia da semana para fazer essa limpeza mais profunda no seu corpo também.

 

3- Preciso procurar um profissional: Hoje em dia se você procurar na internet encontrará várias dicas de como fazer limpeza de pele em casa, nada contra, até porque não são todos os dias que podemos nos dar o luxo de procurar um profissional para na auxiliar nesta tarefa, mas eventualmente é bom realizar esse procedimento pelas mãos de um especialista.

 

A limpeza de pele feita com um profissional é recomendada pelo menos 1 vez por mês, mas você poderá ir mais vezes.  Desta forma ele poderá avaliar se os procedimentos que você está usando é adequado e trará resultados. O processo é mais intenso, bem elaborado e o mais importante, específico para seu tipo de pele.

[ads2]

A higiene de pele profissional pode auxiliar também na prevenção de doenças de pele, previne o envelhecimento precoce e também retarda o envelhecimento.

 

4- Não tenho espinhas nem cravos devo fazer limpeza? A limpeza de pele não se resume ao fato de:  evitar e eliminar cravos e espinhas. Ela proporciona maior controle no excesso de oleosidade, afina o extrato córneo, elimina sujeiras, células mortas, da maior permeabilidade à cútis, favorece o processo de hidratação, além de deixar a aparência mais leve jovem e bonita.

 

5- Suavidade em primeiro lugar:  Às vezes na ânsia de obter resultados rápidos, esquecemos que a pele é sensível, mesmo aquela mais seca tem sua sensibilidade, por isso não podemos acelerar do processo de limpeza.

 

Você precisa cuidar da pele para deixá-la bonita e saudável, mas esfoliar demais e muito forte pode causar danos a pele.  Outro ponto a destacar é o uso de produtos adequados ao seu tipo de pele, tanto de limpeza, hidratação como maquiagem também.

 

A limpeza de pele diária é necessária, mas a limpeza profunda não deve ser feita todos os dias.  Se você costuma usar maquiagem diariamente, procure lavar bem o rosto antes de dormir e retire todo o excesso de maquiagem. Faça uma higienização básica, porém de qualidade, afinal uma limpeza de pele bem-feita é o que resulta numa pele bonita e saudável.

[ads1]

Deixe um comentário